Início / Notícias / Um espetáculo de Critical Art na Semana 3 da Liga Brasileira de Street Fighter V

Um espetáculo de Critical Art na Semana 3 da Liga Brasileira de Street Fighter V

Ontem (26) tivemos a terceira, e penúltima, rodada da Fase de Grupos da 1ª Etapa da Liga Brasileira de Street Fighter V, trazendo mais doze confrontos entre os jogadores dos grupos A e B, começando a concluir os possíveis resultados desta primeira fase do torneio.

Na Semana 3 tivemos Brolynho se distanciando cada vez mais de seus competidores, fechando a rodada com 21 pontos – uma diferença de 8 pontos do segundo colocado, PauloWeb -, e um caos generalizado no Grupo A, sendo que todos os jogadores ainda possuem grandes chances de se classificarem, já que Didimokof está com 15 pontos, seguido por Keoma e Ludo que estão com 14 e 12 respectivamente, e por fim Tubarão se mantendo com 8 pontos. Confira as tabelas de classificação logo abaixo:

A noite começou com duas vitórias excelentes de Brolynho, porém com o nível de desafio aumentando exponencialmente. Seu confronto contra PauloWeb resultou em um tranquilo 3×1, seguido por um não tão tranquilo 3×1 contra o Fang de Cabelo3000, e logo depois um suado empate contra Dark, que o colocou contra a parede e fechou sua noite com um saldo positivo, porém desafiador, de 21 pontos na tabela de classificação do Grupo B.

Em seguida tivemos os confrontos que fecharam o primeiro grupo da noite, com Dark sofrendo duas derrotas, uma para Cabelo3000 e outra para PauloWeb. O habilidoso jogador de Laura não parou ai, após vencer Dark, PauloWeb garantiu um devastador 4×0 sobre Cabelo3000, provando mais uma vez que é uma força a ser reconhecida.

No Grupo A foi tudo um pouco mais intenso, tanto Keoma quanto Didimokof, Ludo e Tubarão seguem com níveis similares de habilidade, resultando em partidas imprevisíveis até o último momento. Mas o mais impressionante foi o show de Critical Art fechando partidas por parte do Keoma e Ludo. Logo no primeiro confronto contra Didimokof, Keoma fechou com três especiais de Karin, o famigerado Kanzuki-Ryu Hadorokushiki Hasha no Kata. E mesmo terminando as partidas em grande estilo, Keoma não suportou o potencial de dano do Dhalsim de Didimokof, acabando em um empate.

O terceiro bloco continuou com mais uma luta acirrada, desta vez entre Keoma e Ludo. Ambos deram o máximo de si e garantiram momentos impressionantes, como Ludo salvando a partida com um lindo comeback em um dos rounds, e Keoma esquivando do Shun Goku Satsu e eliminando Akuma com uma série de combos e o já usual Critical Art da Karin. Já o último confronto do bloco contou com um Ludo ainda mais agressivo, vencendo Didimokof com um 3×1, além de terminar a partida da maneira que estava querendo desde o começo, com um Shun Goku Satsu de se orgulhar.

O quarto bloco focou nas partidas do Tubarão, que infelizmente terminou em derrotas preocupantes para o jogador. Primeiramente tivemos Didimokof o eliminando com um 4×0, e logo depois Keoma garantindo a vitória com um 3×1, mostrando que o Necalli do Tubarão possui uma certa desvantagem contra personagens mais técnicos, como Dhalsim e Karin. Por fim tivemos o retorno do embate agressivo entre Akuma e Necalli, que protagonizaram o momento inesquecível da rodada passada. E na Semana 3 não foi diferente, a luta entre Ludo e Tubarão foi extremamente acirrada e terminou com um empate formidável para ambos os lados.

E assim terminou a Semana 3 da 1ª Etapa Liga Brasileira de Street Fighter V. Agora temos só mais uma rodada para chegar na Fase Eliminatória, onde saberemos quais jogadores disputarão o mata-mata e quais terão que enfrentar os novatos das Classificatórias. A derradeira Semana 4 acontecerá na sexta (2), a partir das 20:00h, pelo nosso canal no Twitch! Não perca!

Veja Também

CCXP 2017: Team One oficializa um ano incrível com a vitória sobre IDM Gaming e a conquista do título do Desafio Promo Arena

Na quinta-feira (7) tivemos os confrontos iniciais do Desafio Promo Arena na CCXP 2017, nela …