Início / Notícias / Coluna do Tonello #2: Keep Gaming. Literalmente.

Coluna do Tonello #2: Keep Gaming. Literalmente.

“A experiência fará a diferença nesse jogo”, “Probabilidade maior de vitória por parte de time X por conta da experiência de seus jogadores”. Com certeza você já deve ter ouvido algo assim diversas vezes em transmissões esportivas, inclusive aqui mesmo no Overwatch Campeonato Brasileiro. E o significado óbvio é relativamente simples de ser entendido, porém… O que é a experiência propriamente dita?

Overwatch é um jogo que recompensa muito a adaptação ao momento e a diversidade de jogadas preparadas pela equipe, não somente em relação a composições e suas execuções variadas – alguns times jogam ao redor de combos, outros mais separados; composições mais leves ou mais parrudas – como também em relação a reações individuais que podem mudar completamente o rumo de uma luta ou até de um mapa inteiro. Portanto, quanto mais padrões estiverem engatilhados mentalmente em seu repertório, melhor serão seus resultados, e é justamente daí que vem a experiência citada no início.

Treinar por horas a fio o mesmo estilo de jogo, as mesmas passagens e um posicionamento engessado pode ser prejudicial à equipe caso esta seja surpreendida no meio da partida, uma vez que não há tantas maneiras de forçar o time adversário a agir da forma que você queira, principalmente em se tratando de escolha de heróis. Não há banimentos, não há limite de trocas. Overwatch é quase o conceito explícito do repentino.

Com isso em mente, é possível explicar como a Keep Gaming, mesmo após ter sofrido diversas mudanças em sua escalação, inclusive com jogadores cumprindo com os compromissos somente do OWCB, ainda mantém sua dominância sobre times mais novos: Experiência. Habilidade, também, pois é preciso acertar os tiros para por em prática o que se aprendeu com o tempo de jogo, porém a probabilidade de um jogador instintivamente saber o que deve fazer em uma situação arriscada ou como deve agir para que seu time possua vantagem em alguma jogada é muito maior, justamente por ter passado anteriormente por diversas situações contra times igualmente fortes.

E como adquirir experiência? Como passar por times que talvez não treinem tanto mas trazem tal bagagem? Treino. Novidade. Estudo. Sinergia. No Overwatch em especial, qualquer detalhe é válido, qualquer informação é importante, portanto é preciso que o time passe muito tempo junto, seja treinando ou falando sobre a vida numa chamada de voz, para que os jogadores se acostumem e gerem confiança entre eles próprios. Após isso, vem o estudo do jogo, para superar o adversário taticamente com novidades que o jogo proporciona e que eles, por estarem relativamente parados, talvez sejam pegos desprevenidos. E, finalmente, persistência: A diferença do mestre para o aprendiz é que o mestre já errou muito mais que o aprendiz tentou.

Com filosofia de vida ao fim, espero que tenham curtido mais essa coluna do Tonello! Ou seria… Tionello? :thinking:

Abraços e a gente se vê na próxima!

Felipe “Tonello” Souza é caster e analista de Overwatch. Quinzenalmente, sempre às quintas-feiras, você lerá um novo texto do Tonello no site da Promo Arena. Você pode acompanha-lo no Facebook, Twitter, Twitch e YouTube, assim como nas transmissões do Overwatch Campeonato Brasileiro.

Veja Também

Rase e Diego Dias garantem as vagas para Fase Eliminatória da 2ª Etapa do Hearthstone Arena

O campeonato de Hearthstone da Promo Arena voltou com tudo na noite de quarta-feira (18). …