Início / Notícias / Lutando com Titãs: Stunner vence Didimokof em série intensa e se consagra campeão da 3ª Etapa da LBSFV

Lutando com Titãs: Stunner vence Didimokof em série intensa e se consagra campeão da 3ª Etapa da LBSFV

No sábado (20) a Liga Brasileira de Street Fighter V chegou no momento derradeiro da 3ª Etapa. Os playoffs presenciais contaram com dois veteranos, Didimokof e PauloWeb, e dois jogadores que chegaram até aqui pelas Classificatórias, Stunner e Baby Brasil, viajando para o Rio de Janeiro e disputando o título ao vivo nos estúdios da Promo Arena, onde os nossos narradores Luiz Felipe Lima e Brunno “Colosimus” Colosimo, assim como o público, acompanharam alguns dos confrontos mais acirrados vistos até hoje.

Os nossos competidores se provaram vez após vez, se tornando alguns dos melhores do Brasil. Didimokof quebrou recordes lá fora, PauloWeb é um dos grandes professores do cenário competitivo, Baby Brasil é considerado um dos melhores FANGs daqui, e Stunner realizou a melhor campanha em uma Fase de Grupos na Liga Brasileira de Street Fighter V, saindo invicto em todas as quatro rodadas.

Dizer que os playoffs prometiam muito seria uma atenuação.

E logo de cara vimos a primeira grande surpresa do dia com a luta entre PauloWeb e Didimokof, com o exímio jogador de Laura vencendo o temido Dhalsim por 4×0, um resultado incomum a primeira vista mas que fazia sentido quando se assista aos jogos de perto. A partida foi acirrada mas PauloWeb tinha uma clara vantagem sobre seu adversário, mantendo a consistência da personagem e abusando das barras de EX, o que deixava Didimokof sem muita oportunidade de aplicar a pressão que lhe é conhecido. Dessa maneira vimos o primeiro jogador caindo para a Losers Bracket.

Eis que foi a vez dos dois novatos, Stunner e Baby Brasil, apresentarem uma partida mais equilibrada, porém, a agressividade inicial do Stunner o garantiu duas vitórias, e quando Baby Brasil se adaptou, a ponto de arrancar uma partida do jogador de Cammy, Stunner reavaliou sua performance e saiu ainda melhor, retornando para o jogo com uma estratégia formada que o levou a vencer os dois jogos restantes e garantir uma vaga para a final da Winners Bracket, onde PauloWeb estava o aguardando.

O final da Winners Bracket foi a primeira partida que usou todos os jogos da MD7, Stunner começou forte mas não demorou para PauloWeb forçar o empate, deixando ambos jogadores mais cautelosos. Para prevenir qualquer contra-ataque, Stunner se privou até o mínimo movimento de sua Cammy, aumentando a imprevisibilidade para o seu adversário e jogando com a paciência alheia. A estratégia deu duas vitórias para Stunner, fazendo PauloWeb mudar de V-Trigger para um que fosse mais versátil.

A mudança foi benéfica e PauloWeb empurrou um empate impressionante, deixando tudo para o último confronto da MD7. Porém, Stunner estava mais preparado, se saindo melhor no último round e garantindo a vaga para a Grande Final.

Os playoffs continuaram com a Losers Bracket, começando com Didimokof e Baby Brasil. Nela vimos um jogo apertado para Didimokof, perdendo a primeira partida por causa da escolha do V-Trigger e se recuperando logo depois após voltar a sua forma original. Baby Brasil aproveitou dos Command Dash EX e conseguiu mais um jogo vitorioso, forçando Didimokof mudar para um jogo que atacasse a investida e os movimentos lépidos do FANG. A mudança foi visível na vitória que tanto precisava para avançar, fechando o jogo em 4×2.

Foi a vez de acompanhar a final da Losers Bracket com uma reprise entre PauloWeb e Didimokof, mas diferente do que vimos na primeira partida do dia, Didimokof estava mais preparado e pronto para avançar em busca de um lugar no sol. No entanto, PauloWeb estava no seu melhor jogo até hoje. Logo no início tivemos um momento devastador para Didimokof, com o jogador de Laura garantindo três partidas sem muita dificuldade – incluindo dois Perfect K.O. desmoralizantes -. Mas como o momento triunfante de um filme, Didimokof se reergueu e venceu um confronto atrás do outro, encontrando bons agarrões e forçando PauloWeb agir com menos agressividade, que por sua vez deu a chance para Didimokof atacar com tudo.

Os últimos momentos foram verdadeiramente excitantes, Didimokof perdeu um round que estava para ele após um Yoga Sunburst mal calculado, jogando para o round final em que era tudo ou nada para o habilidoso jogador de Dhalsim. Mas no final Didimokof saiu soberano e avançou para a Grande Final, onde teve que enfrentar Stunner.

Cammy não era uma personagem desconhecida para Didimokof, afinal, o jogador venceu o que é considerado o melhor jogador de Cammy do mundo, Kazunoko. Porém, as circunstâncias atuais davam uma boa vantagem para Stunner, tendo uma série de sobra graças ao bracket reset.

Mais uma vez o início de uma série foi contra Didimokof, Stunner não deu tempo para seu adversário respirar e venceu duas partidas. Didimokof foi se adaptando e as vitórias foram surgindo, e após dois bons jogos, Stunner mudou de V-Trigger, que acabou não o ajudando do jeito que deveria. Assim Didimokof garantiu o bracket reset, vencendo por 4×2 e sendo o primeiro jogador desta etapa a vencer uma série pra cima do Stunner.

A longa jornada de Didimokof estava chegando em um ponto final, a última série que valia a vitória e o título de campeão da 3ª Etapa da LBSFV. Didimokof começou muito bem com um Perfect K.O. para cima do Stunner, indicando que tudo acabaria ao seu favor. O que não foi esperado era o quão bem Stunner conseguiu se adaptar, tomando o controle da partida e vencendo as lutas necessárias para a conquista do título. O jogador de Cammy venceu os três confrontos subsequentes e terminou seu caminho pela 3ª Etapa da Liga Brasileira de Street Fighter V segurando o troféu de campeão, e fazendo o impossível contra um dos titãs do competitivo nacional.

A jornada do Stunner pela LBSFV é uma de aplaudir, desde participar de uma Classificatória na 3ª Etapa e perder para Komodo em um confronto histórico até conseguir uma segunda chance para disputar no campeonato, se classificando e realizando uma campanha perfeita na Fase de Grupos. As coisas não foram diferentes nos playoffs, com Stunner perdendo apenas um jogo para o nosso poderoso e temido jogador de Dhalsim, Didimokof, se salvando no bracket reset e agora segurando o troféu desta etapa, e assim prometendo muitas vitórias no caminho que irá trilhar.

Veja Também

Conheça as equipes que disputarão a 1ª Etapa do Circuito Desafiante 2018!

Mais um ano e mais um Circuitão se aproxima para abalar o cenário competitivo de …