Início / Participantes

Participantes

Conheça os participantes da Segunda Etapa da Liga Brasileira de Street Fighter V da Promo Arena!

Ambicioso, Paulo “PauloWeb” Junior entrou no competitivo de Street Fighter V logo no lançamento do jogo. Em pouco tempo ele encontrou a personagem que o faria ir além: A brasileira Laura era perfeita para o jogador, não só pelo seu gameplay mas pelos mindgames, que de acordo a ele “é o principal aspecto a ser desenvolvido por um jogador competitivo em SFV.”

Atualmente PauloWeb é o segundo brasileiro no ranking mundial da CapcomFighters Network, além de ficado no TOP 16 do Fight In Rio e do Last Chance Qualifier, ambos no ano passado. Ele também possui o curso Street Fighter 5 na Prática, um programa no Discord para iniciantes que é totalmente gratuito e em português, ensinando em videoaulas e passando tarefas para que mais jogadores entendam o bê-á-bá de Street Fighter V.


Assim como muitos outros jogadores, Renato “Didimokof” Rekof encontrou sua paixão por jogos de luta em The King of Fighters. Após ser considerado um dos melhores do Brasil, Didimokof decidiu focar em Street Fighter V, melhorando suas habilidades até que decidiu participar da CACOMP, ficando em sétimo lugar após perder para Justin Wong e Brolynho.

Sua carreira continuou a prosperar, vencendo campeonatos semanais e online, e se mantendo entre os 16 melhores da América Latina pelo Last Chance Capcom Pro Tour, em 9º lugar. Didimokof diz que o seu apelido inusitado surgiu num campeonato de Pará chamado Treta, onde um amigo criou o apelido pelo seu passado no KOF e por se parecer com o ator Renato Aragão.


Diego “Dark” Lins está no competitivo desde 2010, dando o primeiro passo com Street Fighter IV, onde adquiriu experiência em vários torneios e começou colher o seu sucesso alguns anos depois, incluindo campeonatos como Get Ready, No Limits, e até a conquista de terceiro colocado da Capcom Pro Tour em 2014.

No Street Fighter V, Dark foi campeão de um torneio de duplas no Chile com o Brolynho, se tornou o 2º colocado no The Last Chance em São Paulo, e também o campeão do Treta 2016 em Curitiba, cujo deu oportunidade para disputar as finais latino-americanas e garantir o 4º lugar. Os personagens favoritos de Dark são Alex e Urien.


O prodígio da Liga Brasileira de Street Fighter V, Andrei “Darkside” Nobre é o jogador mais novo do campeonato, possuindo apenas 14 anos quando garantiu a vaga na Classificatória da 2ª Etapa. O jovem competidor de Canoas, RS, fez uma performance invejável, avançando pela Winners Bracket e eliminando Kimedu, jogando Kim-2K para a Losers Bracket e o vencendo novamente na Grande Final.

Ocupando o espaço deixado pela Karin do Keoma, Darkside joga de uma maneira muito mais agressiva, sem medo de se arriscar para acertar os melhores combos. Sendo um dos novatos da LBSFV, Darkside será um perigo em potencial para os veteranos.


Protagonista de uma das lutas mais memoráveis da LBSFV, Komodo faz parte da nova geração de jogadores do cenário competitivo nacional. A disputa que marcou sua carreira no campeonato foi a classificação sobre Stunner, que seguiu pela Losers Bracket, ativou o bracket reset e levou o confronto até o último round disponível, terminando em um momento insano entre os jogadores de Cammy e Chun-Li.

Agora Komodo encontrará Stunner mais uma vez, onde terá a chance de repetir o feito e vence-lo novamente. O jogador de Chun-Li também se torna uma adição interessante ao personagem escolhido, nos deixando curioso para ver o estrago que a exímia lutadora fará na Liga Brasileira de Street Fighter V.


O primeiro dos três classificados da última qualificatória, Stunner garantiu diversos títulos em 2017, incluindo o 2º lugar no TRETA Championship LATAM 2017 – perdendo apenas para o Necalli do Brolynho -, o 9º lugar no Fight In Rio, além de participar de dois eventos onlines da Capcom Pro Tour, garantindo o 13º lugar e logo depois o 1º colocado da América Latina.

Atualmente ele está na 7º posição da América Latina inteira e em 66º no ranking global, mostrando que sua Cammy ainda tem muito para lutar até chegar no nosso líder brasileiro. Stunner também já participou de diversas qualificatórias da LBSFV, pegando a primeira vaga da Classificatória final e agora pronto para a última etapa do campeonato.


PR3DA foi o segundo jogador que passou na Classificatória final da LBSFV, e no mesmo mês ele conquistou a 5ª posição da Capcom Pro Tour LATAM, um feito nada fácil quando vemos os competidores na disputa, como os brasileiros Didimokof e HKDASH, e o dominicano Caba.

O lutador de Bison ocupa o espaço do nosso antigo Bison da 2ª Etapa controlado por HKDASH. PR3DA sempre garantiu boas posições em qualificatórias mas sempre faltava aquele próximo passo para garantir a vitória, algo que poderemos ver na 3ª Etapa da Liga Brasileira de Street Fighter V.


Baby Brasil marca o último jogador a se classificar para a 3ª Etapa da LBSFV. Jogando com o personagem mais inusitado do campeonato, o competidor fez um belo estrago pela Losers Bracket com seu Fang, eliminando Juliano Rocha, Mutleyy e Evil Dhalsim da Classificatória final.

Seu histórico em 2017 contou com os feitos de chegar até o 5º lugar do TRETA Championship LATAM, o 13º lugar no Fight In Rio e no quarto evento online da Capcom Pro Tour na América Latina. Sua entrada para a Liga Brasileira de Street Fighter V é cheia de antecipação e com uma gigantesca imprevisibilidade em volta, jogando contra os maiores do Brasil.