Início / Notícias / CCXP 2017: Brasil Gaming House mostra superioridade contra Keep Gaming e se consagra campeã do Brasileirão de Overwatch

CCXP 2017: Brasil Gaming House mostra superioridade contra Keep Gaming e se consagra campeã do Brasileirão de Overwatch

O sábado da Promo Arena na CCXP 2017 já começou com os nervos a flor da pele. As duas melhores equipes do competitivo nacional de Overwatch se enfrentaram pelo título de campeão do OWCB, consagrando o vencedor da Temporada 2017 do nosso campeonato. De um lado temos a todo-poderosa Brasil Gaming House, do outro a equipe que tirou a invencibilidade da BGH, a Keep Gaming. Também não tinha como negar a longa história que essas duas equipes e seus respectivos jogadores possuem no cenário, disputando um verdadeiro clássico.

E assim começamos a intensa MD5 da Grande Final do Brasileirão de Overwatch, com uma Brasil Gaming House mais do que preparada e uma Keep Gaming chegando com metade de sua line-up com jogadores reservas, servindo como o primeiro grande desafio da equipe. Sofrendo com um dos pilares de Overwatch, Keep Gaming teve que dar um jeito de lutar mesmo com uma comunicação aquém do esperado, indo para o caminho oposto que a BGH normalmente segue.

A primeira partida mostrou todo a habilidade da BGH em defesa e ataque. Jogando na tradicional King’s Row, Keep teve dificuldades para empurrar a carga, principalmente pelo trabalho excelente do Junkrat do Liko e da Zarya do Honorato. Eventualmente a Keep conseguiu chegar até o primeiro ponto mas acabou ficando só nisso, BGH garantiu uma defesa bem sucedida que foi de grande ajuda na hora de atacar.

O ataque da Brasil Gaming House foi devastador, o primeiro ponto foi capturado em poucos minutos, dessa vez com o Hanzo do Liko acertando os maiores alvos de sua adversária. Keep Gaming conseguiu botar uma boa defesa a ponto de impedir que os ults da BGH acabassem com a partida, porém, o Autodestruir da D.Va do Liko eliminou a resistência que havia entre a carga e o objetivo, chegando até o ponto e abrindo o placar.

Keep Gaming fez uma performance mais competente no confronto seguinte. Agora em Torre Lijiang, Keep Gaming se salvou com Nitro pegando três eliminações e ajudando tirar a BGH do ponto de controle aos 80%, se recuperando e passando na frente para vencer a partida. Porém, o retorno da Brasil Gaming House foi pesado demais para sair vivo. A luta foi para a Prorrogação e terminou com a Keep Gaming não conseguindo ficar na área. A segunda disputa foi ainda mais difícil para a Keep Gaming, Brasil Gaming House empurrou a equipe para o choke point do mapa e a deixou lá até capturar o ponto por completo.

O segundo jogo rápido da Brasil Gaming House serviu para a Keep Gaming voltar renovada e com mais força, além de uma comunicação bem mais responsiva que nos confrontos anteriores. No entanto essa força apareceu somente no segundo confronto de Junkertown, enquanto no primeiro tivemos um avanço formidável da BGH e sua composição de Bastion/Reinhardt/Orisa para levar a carga sem parar. Nitro tentou a sorte focando no backline mas a Keep Gaming não conseguiu parar o ataque.

Já no retorno tudo pareceu que estava acabado para a Keep Gaming. Nos primeiros minutos ela não conseguia sair de sua base por causa dos quatro Tanks que a BGH chegou na partida, conseguindo abrir uma brecha apenas nos últimos 40 segundos disponíveis. O ataque tardio ajudou a Keep acelerar até o segundo e se aproximar do último ponto, ficando alguns metros da vitória. O último trunfo da Keep ficou com Macca e seu belo Desabrochar da Morte que eliminou quatro jogadores, levando até o fim. Mas a BGH ainda não tinha se dado por vencida, voltando para o ponto e eliminando os jogadores da Keep da carga, acelerando o contador de Prorrogação e se consagrando campeã do Brasileirão de Overwatch.

Os três ótimos jogos da Brasil Gaming House reafirmaram a equipe como a melhor de todo o Brasil. A line-up formada por Alemão, Dehzinho, Liko (o nosso MVP!), Neil, Honorato e Dudu tem tudo para retornar ao Mundial e ser uma das grandes potências do cenário competitivo de Overwatch, representando o nosso país com toda a habilidade e trabalho em equipe esperado por uma equipe dessas.

A Temporada 2017 do OWCB termina com chave de ouro, ajudando a construir o cenário nacional em um ano repleto de novidades, surpresas e equipes que cresceram exponencialmente a cada partida. Agora o objetivo é melhorar, introduzindo as classificatórias abertas para dar um chance para você, caro leitor, de entrar no nosso campeonato, e trazendo uma disputa ainda mais acirrada.

Veja Também

Encore Esports e Fratres se classificam para Final Regional da Copa América de Heroes of the Storm 2018

Domingo (15) foi um grande dia para a HGC Copa América de Heroes of the …