Início / Notícias / Operation Kino vence Iron Hawks e se mantém no topo da tabela na Semana 2 do Circuito Desafiante 2018

Operation Kino vence Iron Hawks e se mantém no topo da tabela na Semana 2 do Circuito Desafiante 2018

A 2ª rodada do Circuito Desafiante 2018 começou a todo vapor com o confronto entre Operation Kino e Iron Hawks e-Sports. A série entre os animais alados do Circuitão manteve sua importância para ambas equipes, começando pela necessidade de continuar em primeiro colocado da Operation Kino e a urgência de sair da lanterna da Iron Hawks.

E o resultado foi a grande certeza de que a Operation Kino é uma equipe para ficar de olho nas próximas rodadas graças a sua união de composições interessantes e grandes destaques, como Aoshi e Wos. Por outro lado vimos uma Iron Hawks que está tentando se encaixar no torneio, saindo quase que em um meio termo entre os falcões que testemunhamos na 1ª e 2ª Etapa de 2017.

O maior exemplo disso foi na primeira partida e o quão acirrada ela foi até o Barão decisivo na faixa dos 30 minutos. O início do jogo foi comedido até que pegou fogo aos 9′ quando a Iron Hawks correu para eliminar o Aurelion Sol do NOsFerus, com Killuard pegando o First Blood. Em questão de minutos vimos a OPK revidando, Iron Hawks fazendo o mesmo e tudo terminando com a OPK saindo na vantagem graças ao First Brick. A disputa pelas torres seguiu acirrada mas ainda existindo uma leve vantagem por parte da OPK pelo uso do Arauto, além de farm pelo top e bot.

Graças a essas pequenas vantagens adquiridas luta após luta, Operation Kino foi crescendo sutilmente ao longo da partida enquanto a Iron Hawks utilizava a agressividade ao seu favor. Para se ter uma ideia, até quando a OPK tentava algo com o Barão, a Iron Hawks não deixava por menos em torres e abates. O primeiro momento fundamental para a vitória da OPK foi a team fight que resultou em três abates, dando oportunidade para a águia voar e atacar a base dos falcões de ferro, chegando a destruir uma das torres do Nexus adversário. O segundo momento foi o belo outplay da OPK, que ludibriou a Iron Hawks continuar a beira do Barão para impedir o possível objetivo enquanto os jogadores desciam para destruir o Inibidor e retornar antes de qualquer tipo de reação.

A primeira partida terminou quando a Operation Kino garantiu um Ace, com direito a Triple Kill do Garotumb, e avançou para destruir o restante da base da Iron Hawks.

O próximo confronto contou com uma OPK ainda mais agressiva e eficiente. Após Ferchu ter garantindo o First Blood pra cima do xanad0, a águia chegou com uma força descomunal, começando pela luta do Dragão Infernal e a team fight que terminou com duas eliminações para cada lado.

A partida seguiu com a OPK pegando alguns abates solitários, mas o verdadeiro momento foi quando Aoshi pulou no meio da concentração de jogadores da Iron Hawks perto da torre do mid com seu Gnar e empurrou uma luta muito bem sucedida para sua equipe, acompanhado por um Arauto que seguiu derrubando todas as estruturas da rota até chegar na torre tier 3 da Iron Hawks.

Após isso a OPK controlou a partida e arriscou boas lutas, concluindo a série aos 23′ sem nem ainda ter feito o Barão. Dessa vez foi Ferchu que garantiu os respectivos MVPs da partida, se destacando de um nível de habilidade já alto entre seus companheiros.

A série mostrou que a Operation Kino consegue ser ainda mais eficiente do que havíamos acompanhado até agora, dominando uma partida mesmo tendo poucas aberturas para agir. Já a Iron Hawks, mesmo perdendo esta série, mostrou uma evolução interessante e uma agressividade de se admirar, podendo ser uma das grandes surpresas ao longo das próximas rodadas.

Veja Também

HGC: Mindfreak e Encore e-Sports se tornam campeãs da ANZ Premier e Copa América de Heroes of the Storm 2018

Sábado (12) foi um grande dia nos estúdios da Promo Arena. Quatro equipes, duas australianas, …