Início / Notícias / Torneio de Acesso: Submarino Stars evolui no campeonato e se torna campeã da Classificatória 3 após vencer Yeah Gaming

Torneio de Acesso: Submarino Stars evolui no campeonato e se torna campeã da Classificatória 3 após vencer Yeah Gaming

Na terça-feira (24) a Classificatória 3 chegou ao fim, concluindo esta primeira etapa do Torneio de Acesso que deu a chance de novas equipes lutarem por uma vaga no tier 2 de League of Legends. Com o top 8 definido, o campeonato segue para decidir as duas equipes que estarão na Série de Promoção, enfrentando a Iron Hawks e-Sports e a 5Fox pela vaga na 2ª Etapa do Circuito Desafiante 2018.

Mas antes, vamos falar sobre como chegamos até aqui com os jogos que ocorreram ontem.

O segundo dia da Classificatória 3 contou com equipes que já estávamos acostumados de ver por aqui, Submarino Stars, Yeah Gaming e WP Gaming se provaram e chegaram até as Semifinais nas qualificatórias passadas. As grandes surpresas ficou pela ausência da Redemption eSports, que foi eliminada pela Cleyton Gaming ao longo de sua caminhada no primeiro dia, e a inclusão da equipe de base dos famigerados bodes, a TShow Academy.

A disputa da TShow Academy ficou contra a Submarino Stars, que mostrou um clara evolução nas três classificatórias. O ceticismo em volta dos jogadores da Submarino foi se dissipando a cada minuto de partida, começando com um early game devastador e caótico pra cima da TShow Academy. Nos primeiros quinze minutos a Submarino já estava com o Dragão da Montanha, seis abates na frente de sua adversária – garantidas igualmente por Pimpimenta, YoDa e Juzinho -, e duas torres na conta da equipe. TShow Academy simplesmente não teve chance de jogar, apenas vendo a partida se resolver diante os olhos de seus jogadores.

O confronto chegou ao fim quando a Submarino foi para o Barão e a TShow Academy se preparou para contestar o objetivo, resultando em três eliminações e o caminho livre para destruir seus Inibidores. Submarino foi, voltou e garantiu sua vaga para a Grande Final vencendo a TShow Academy aos 25′.

A segunda Semifinal da Classificatória 3 ficou entre duas equipes familiares, a Yeah Gaming e WP Gaming, que, após um bom início pela WP, foi se perdendo rapidamente até que começasse a dominação total por parte da Yeah. Com um pick inusitado de Karthus por Vampyrus, a composição da WP demorou para funcionar e acabou perdendo a chance de continuar na partida depois que Mills garantiu os abates necessários para crescer junto com sua equipe. WP resistiu bravamente em vários momentos mas as jogadas de contra-ataque não encaixavam, fazendo com que a Yeah retornasse e crescesse ainda mais.

Após um Ace seguido por Barão aos 22′, Yeah controlou a partida até o fim. WP estava apagada e saiu na desvantagem até que seu Nexus foi destruído aos 29′.

A MD3 da Grande Final começou com expectativas lá em cima. Yeah Gaming e Submarino Stars se encontraram nas Semifinais da qualificatória passada, em que a Yeah foi a grande campeã. O momento de revanche estava na frente da Submarino e ela tinha muito para provar, chegando pela primeira vez em uma Grande Final de uma classificatória. A primeira partida contou com uma Submarino tão imediata quanto sua adversária, mostrando sua primeira arma secreta na forma do toplaner Element, que substituiu Jukes.

O confronto seguiu comedido nas team fights mas ágil nos objetivos, com Element e Pimpimenta garantindo o First Brick na toplane. Yeah respondeu com uma boa luta aos 15′ em que Aslan e Badd ambos fecharam com Double Kills pra cima da Submarino, que se contentou com mais duas torres derrubadas graças ao Arauto que foi derrotado minutos antes, assim como o primeiro momento que mostrou como a Submarino não estava para brincar, com Pimpimenta chegando sem medo e roubando o Dragão da Montanha que a Yeah estava fazendo.

Mais team fights desencadearam e a Submarino estava na frente de todas elas, aos 23′ Pimpimenta derrotou o terceiro Dragão da partida – sendo o segundo Infernal – e a Yeah se viu acuada de uma luta que acabou saindo extraordinariamente errada para ela. Na rotação para o Barão, a Submarino encontrou esta team fight que terminou com um Ace e o objetivo garantido. Yeah conseguiu impedir a investida da Submarino por ter eliminado YoDa momentos antes, mas a luta demorou tanto que o midlaner retornou e chegou por trás da Yeah, tirando qualquer chance da equipe adquirir alguma vantagem.

O fim da primeira partida chegou quando Pimpimenta roubou o Barão da Yeah Gaming. Submarino avançou para a base inimiga e venceu aos 32′.

O segundo confronto definiu o estado da Submarino Stars no Torneio de Acesso. Jukes voltou para a toplane e Pimpimenta saiu para que o jungler NiT Cesar fizesse a sua estreia nos jogos transmitidos do campeonato. E a mudança foi de grande vantagem para a Submarino, com NiT Cesar dominando a toplane junto com Jukes, adquirindo os dois primeiros abates e dando a abertura para que sua equipe pegasse o Dragão Infernal. E falando em Dragão Infernal, Submarino derrotou todos os três que surgiram sequencialmente durante a partida, deixando-a quase imbatível nas team fights que encontrava.

Yeah Gaming acabou ficando mais apagada nesta partida, sendo que os grandes destaques, como Mills, Codpiece e stylezin, eram eliminados antes que pudessem fazer algo. Submarino continuou abrindo as rotas da Yeah até que aos 23′ havia apenas a tier 2 da midlane de pé, que acabou sendo o próximo alvo da equipe após o Barão bem sucedido e a team fight concluída com um Triple Kill de Juzinho. Os Inibidores foram destruídos um atrás do outro até que a Submarino preparou seu ataque definitivo que acabou com a última linha de defesa da Yeah e, subsequentemente, seu Nexus. A vitória confirmou a Submarino como uma das equipes mais promissoras do campeonato, podendo ser uma grande ameaça na disputa do top 8.

E agora?

E já que estamos no tópico sobre o top 8, está na hora de traçar o caminho para a conclusão do Torneio de Acesso como um todo. As Classificatórias chegaram ao fim, ou seja, essas são as oito equipes que possuem a chance de estar na próxima etapa do Circuito Desafiante 2018. E para decidir isso, o top 8 se enfrentará nas Quartas de Final de segunda-feira (30), em partidas MD3.

Após o término dessas séries, as quatro equipes avançarão para a Disputa de Vaga de terça-feira (1), se enfrentando e chegando nas duas equipes que estarão aptas para disputar a Série de Promoção contra a Iron Hawks e-Sports e 5Fox. Os vencedores deste relegation jogarão na 2ª Etapa do Circuito Desafiante 2018!

Veja Também

É tudo ou nada: Luta pelo Confronto Intercontinental de Heroes of the Storm começa neste sábado (12)

A HGC Copa América 2018 começou a sua jornada em fevereiro e decidiu as equipes …