Início / Notícias / Torneio de Acesso: WP Gaming e Submarino Stars se classificam para a Série de Promoção do Circuito Desafiante 2018

Torneio de Acesso: WP Gaming e Submarino Stars se classificam para a Série de Promoção do Circuito Desafiante 2018

Eis que chegamos no último evento do Torneio de Acesso! Após semanas e mais semanas de confrontos entre centenas de equipes do famigerado tier 3, os melhores times persistiram, o top 8 se formou e os jogadores se enfrentaram em busca de um único objetivo: jogar na Série de Promoção e estar na 2ª Etapa do Circuito Desafiante 2018.

E ontem (1) foi decidido quais são as equipes que terão a oportunidade de lutar por essa vaga, com a WP Gaming e Submarino Stars eliminando a Yeah Gaming e a Redemption Sports em duas intensas séries. A primeira disputa da noite ficou entre a WP Gaming e Yeah Gaming, colocando duas das equipes mais competentes de frente uma para outra.

E logo no início vimos a Yeah ruir diante sua adversária, começando pela toplane onde o Gangplank do b4dd1 sofreu nas mãos da Camille do LynX. O ataque incisivo da WP não parou por aí, LynX e POMBO realizaram diversas rotações e garantiram abates importantes no early game até que aos 11′ o toplaner já havia chegado no seu quarto abate e a WP, no First Brick. WP continuou seu ataque pelas torres, sendo que aos 16′ Yeah garantiu sua primeira vantagem na forma do Arauto em troca de três jogadores na team fight pelo objetivo.

No entanto, essa mesma vantagem acabou ajudando a Yeah sobreviver por mais tempo que o esperado. O confronto seguiu e a luta pelo Barão foi se aproximando, com a WP podendo fechar o jogo naquele exato momento, Aslan foi eliminado pelo POMBO e o caminho estava aberto para o objetivo. Porém, Yeah chegou e conseguiu impedir o seu fim prematuro, escorraçando os jogadores da WP e os forçando a tentar outra vez. Quatro minutos depois vimos a WP fazendo a mesma jogada, só que preparada para a possível investida de sua competidora. A investida chegou, WP se segurou e ainda derrotou o Barão, garantindo o que precisava para matar a primeira partida. A vitória chegou aos 37′ quando a Yeah arriscou indo pra cima do segundo Barão, a WP o roubou e avançou para o Nexus.

Após um baque desses pra cima da equipe que adquiriu a maior pontuação do Torneio de Acesso, não era difícil pensar que a Yeah Gaming estava abalada com a derrota. O segundo confronto chegou e a partida foi bem mais estratégica, sendo que o primeiro abate ocorreu apenas aos 15′ em uma luta pelo Arauto onde a Yeah garantiu três abates e a WP, o objetivo em troca. Com o Arauto em mãos, WP aumentou sua vantagem em torres e eliminou mais um Dragão, culminando ao momento do Barão que estava prestes a surgir.

Dessa vez a Yeah que foi impedida de realizar o objetivo, além de perder três jogadores em uma team fight muito bem sucedida pela WP. A luta pelo Barão voltou mais uma vez aos 27′, dessa vez a Yeah estava com a faca e o queijo na mão após ter eliminado a botlane da WP, porém Vampyrus ainda estava lá para acabar com o jogo, eliminando Codpiece no X1 e segurando a equipe da Yeah até que Gyeong e Joestar retornassem para fortalecer a team fight para a WP. A luta acabou com um Ace e mais o Barão pela WP, além da vitória após um ataque final pela midlane.

A seguinte série ficou entre a Submarino Stars e a Redemption eSports, duas equipes que praticamente inauguraram as classificatórias do Torneio de Acesso. Mas as coisas estavam diferentes desde a primeira vez que vimos essas equipes, Submarino Stars evoluiu bastante desde seu embate inicial enquanto a Redemption se tornou um objeto de dúvida nos confrontos subsequentes, especialmente na Classificatória 3 em que ela não chegou até as Quartas de Final. Mas tudo estava pronto para a decisão final, sendo o momento perfeito para a Redemption se redimir e garantir a vaga sobre a favorita Submarino Stars.

Mais uma vez tivemos uma intensa primeira partida para a Submarino Stars, abates para todos os lados e situações importantes para os jogadores de equipes, incluindo os midlaners Riva e YoDa, e os junglers Pimpimenta e Kvrak. No meio disso tudo a Redemption encontrou o seu lugar com Riva e seu Vladimir, que cresceu exponencialmente no decorrer da partida. Porém, ainda faltava muito pra afundar a Submarino, com YoDa e sua equipe atacando a Redemption na hora do Barão e Pimpimenta fazendo o que sabe melhor, roubando o objetivo e colocando a Submarino de volta para o jogo.

Com o Barão garantido, a Submarino abriu o espaço necessário para se garantir na partida, tanto que a Redemption não conseguiu se recuperar mesmo derrotando o segundo Barão. Em uma emocionante e caótica investida pela midlane aos 38′, Redemption atacou com tudo que tinha para tentar vencer o jogo mas acabou sendo afogada pela defesa da Submarino. A equipe garantiu um Ace em sua defesa e revidou com uma investida que terminou no Nexus da Redemption.

O segundo confronto não foi diferente. A expectativa estava lá em cima e a vontade de partir pra cima era ainda maior, nos primeiros sete minutos a Redemption já tinha garantido o First Blood e a Submarino se recuperado em abates graças ao Double Kill do Juzinho, além do First Brick na botlane. A partida seguiu intensa e com as duas equipes sofrendo diversas eliminações, com destaque para o AD Carry da Submarino que dominava todas as lutas que fazia parte.

Com a vantagem do Juzinho na sua equipe, Submarino tomou a frente e impediu que os jogadores mais importantes da Redemption jogassem da mesma forma, especialmente Kvrak e Riva. Aos 21′ a Submarino chegou até a torre tier 3 da Redemption pela toplane, seguido por uma bela jogada que impediu a call de Barão da Redemption, garantindo o objetivo e o caminho para vencer o jogo. Mesmo com YoDa e Pimpimenta eliminados, Submarino continuou seu avanço em direção para a base da Redemption até que Juzinho e o restante da equipe destruíram o Nexus adversário.

E agora?

E assim o Torneio de Acesso chega ao fim. Três classificatórias, 1.200 inscrições realizadas ao todo, uma ferrenha etapa eliminatória, e duas equipes prevalecendo no meio de todo o caos instaurado desde o início de abril. É seguro dizer que esta etapa do campeonato foi a mais intensa e que possuiu o maior nível de habilidade entre as equipes até hoje.

Mas a luta ainda não acabou! Agora vamos acompanhar a Série de Promoção do Circuito Desafiante 2018 entre as equipes do Torneio de Acesso, a WP Gaming e a Submarino Stars, e o 5º e 6º colocado da 1ª Etapa do Circuito Desafiante, a Iron Hawks e-Sports e a 5Fox. Os dois confrontos serão decididos no modo melhor-de-cinco (MD5) e acontecerão nos dias 7 e 8 de maio, às 17:00h, com transmissão ao vivo pelo nosso canal no Twitch!

Fique ligado na Promo Arena para mais informações sobre o Relegation do Circuitão.

Veja Também

É tudo ou nada: Luta pelo Confronto Intercontinental de Heroes of the Storm começa neste sábado (12)

A HGC Copa América 2018 começou a sua jornada em fevereiro e decidiu as equipes …